MAGALI PICARELLI VOLTA PRO EMBATE POLÍTICO

Com mais de 80 leis já sancionadas, todas voltadas para propiciar melhores condições de vida à população, e mais de 150  projetos, alguns deles colocados em prática como a implantação das Escolas em período integral- hoje uma realidade em Campo Grande,  e a construção das capelas pública em cemitério de Campo Grande,  Magali  Picarelli se diz muito orgulhosa por ter mais uma chance de retornar a Câmara para continuar atender a população.

Foram  mais de 1000  indicações para a melhoria de várias regiões, 40% delas já atendidas.  Sem falar de suas emendas proveniente do Fundo Municipal de Investimentos Sociais (FMIS) para garantir mais infraestrutura à entidades da área da saúde e assistência social , que de portas abertas para a sociedade procuram realizar um trabalho humanizado e com excelência.

“Desde o resultado da ultima eleição no qual fiquei de fora, decidi não abandonar os projetos que eu, junto com o meu esposo, o deputado estadual  Mauricio Picarelli desenvolvemos durante os 16 anos que estive como vereadora na Casa de Leis de Campo Grande.  Com a expectativa de regresso à Casa, posso  dar continuidade à tramitação dos projetos que apresentei em mandatos passados,  por exemplo ,  o projeto que estabelece a dispensa do pagamento das taxas referentes ao uso de estacionamento cobrado por shoppings centers e hipermercados instalados em Campo Grande.  A parlamentar também  traz à tona projetos polêmicos, como o das Calçadas . De sua autoria , o projeto que obriga o poder público a construí  las , mas sem repassar os custos aos contribuintes foi promulgado em 2012, contudo, derrubado pelo prefeito em 2013.

  
Trabalhando e lutando, Magali destaca  outras  grandes vitórias , por exemplo, os  trabalhos realizados  nos últimos anos nas escolas municipais através da  sua lei 4.604, de 2008, que institui o programa de prevenção da violência  escolar .  Foram varias  visitas  e palestras para intensificar  cada vez mais seu trabalho na luta no combate ao bullying  no âmbito escolar. 

Quando esteve a frente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Casa de Leis, a parlamentar comemora ainda a sanção  de sua Lei n°5.693/16, que garantiu à mulher servidora, a dispensa de pelo menos um dia do trabalho para a realização de exames anuais preventivos do câncer de mama e colo do útero. Sancionado em abril de 2016, o projeto  foi apresentado , pensando justamente nas milhares de mulheres que devido à correria do dia a dia no trabalho esquecem-se de fazer essa auto prevenção. 

Segundo a parlamentar a estimativa é que se for eleita novamente os 4 anos sejam de muito trabalho, com embates positivos, sessões mais tranquilas e apresentação de bons projetos em prol do melhor para a população campo-grandense.

“Vou continuar a trabalhar firme em meus  projetos que já estavam em  andamentos  nesta Casa e continuar as minhas visitas nos bairros para atender as reivindicações da população. Espero que a Casa continue atenta aos interesses da cidade, legislando e fiscalizando os atos do Executivo”, enfatizou a Mdbista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *