Operação Dark Card: Dracco prende dono de posto de combustível em Campo Grande

Polícia também cumpriu outro mandado de prisão contra ex-servidor da Prefeitura de Nova Alvorada do Sul.

Empresário identificado apenas como João Carlos foi preso hoje (14), na segunda fase da Operação Dark Card, iniciada no mês passado pela Polícia Civil para desmontar esquema de desvio de dinheiro público através de abastecimento falsos de veículos da frota oficial dos municípios de Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul. O valor desviado se aproxima de R$ 2 milhões.

Arrendatário do posto Trevão, em Nova Alvorada do Sul, João Carlos foi preso em sua casa, no Bairro Santa Fé, atrás do Shopping Campo Grande, na Capital. Segundo a investigação, a empresa recebia pelos abastecimentos falsos feitos com cartão corporativo e repassava o dinheiro aos integrantes da organização criminosa, acusados de peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Viaturas da Polícia Civil no condomínio onde empresário foi preso, em Campo Grande. (Foto: Divulgação)

Também hoje foi cumprido novo mandado de prisão contra o ex-servidor da Prefeitura de Nova Alvorada do Sul e locutor de rádio Washington Luiz Santana. Ele já tinha sido preso na primeira fase, no dia 30 de setembro.

A investigação é conduzida pelas delegacias de Nova Alvorada do Sul e Rio Brilhante e tem apoio do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado).

Com informações Campo Grande News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *